Os dados de vendas de veículos, divulgados pela Anfavea, registraram queda de 8,3% na comparação Novembro contra Outubro deste ano. No acumulado do ano (Janeiro até Novembro), a venda de 2013 mostra queda de 0,8% ante o mesmo período do ano passado, o que pode significar que as vendas totais desse ano acabem sendo menores que as de 2012. Com a alta probabilidade de que o IPI volte a patamares mais elevados a partir de janeiro de 2014 e o consequente repasse do aumento para os preços finais, os efeitos na venda serão claros. Junte a isso os estoques elevados, que já chega a 41 dias nas concessionárias e fábricas, o cenário para 2014 é de cautela.

O deságio sobre a tarifa teto foi de 52% acima das expectativas gerais, sinal de que quando a concessão é interessante e as condições são razoáveis há interesse privado. A Triunfo terá que investir R$7,15 bilhões em 30 anos, dos quais R$ 3,58 bilhões deverão acontecer nos primeiros cinco anos.

A triunfo Participações, que é detentora da concessão do aeroporto de Viracopos e de três concessões rodoviárias – Econorte no Paraná, Concepa no Rio Grande do Sul e Concer no Rio de Janeiro e Minas Gerais, levou os trechos leiloados ontem em rodovias. Foram concedidos trechos das BRs 060/153/262 que passam por Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.

A Pesquisa Mensal da Indústria, divulgada pelo IBGE, apresentou resultados modestos, crescendo 0,6% na variação mensal. Apesar disso, esse resultado parece normalizar a instabilidade dos últimos meses, em que a produção industrial registrava números positivos e negativos sucessivamente. Outro destaque fica na perda de ritmo da produção de Bens de Capital, a única dentre as categorias de uso a demonstrar bons resultados. Sua variação mensal foi de 0,6%, mas o acumulado 12 meses está em 9,9%, crescimento duradouro que vem desde dezembro do ano passado. As outras categorias de uso (Bens Intermediários, de Consumo Duráveis e de Consumo Semi e Não-duráveis) ainda estão e

Outra mostra de posicionamento em andamento apareceu ontem na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, composta prioritariamente por membros de partidos da base de apoio do governo: a votação da eventual aceitação do processo de cassação de José Genoíno estava indo na direção da abertura do processo quando apareceu a carta de renúncia. O PT se queixa da falta de apoio, inclusive do Presidente da Casa Henrique Eduardo Alves. O fato é que, para a base, o Mensalão é problema do PT e a estratégia de vitimização de Genoíno não tem tido respaldo para além do próprio PT.

Em pleno período de definição de alianças para 2014, os partidos políticos têm emitidos sinais de fumaça em várias direções. No último sábado, por exemplo, PT e PMDB discutiram a relação e os arranjos regionais foram colocados na mesa.

O PIB do terceiro trimestre divulgado hoje pelo IBGE recuou 0,5% na comparação com o trimestre anterior, pior desempenho desde o primeiro tri de 2009. Pelo lado da demanda, a queda mais expressiva foi do setor agropecuário e na Formação Bruta de Capital Fixo – indicador de investimentos. Vale ressaltar que houve revisão do crescimento do PIB de 2012, que passou de 0,9% para ainda modesto 1,0%.

PT e PMDB selaram, no último sábado, um acordo para minimizar problemas nos palanques estaduais. Estão ganhando tempo, pois o que os une é uma aliança pragmática no nível federal e uma grande volatilidade de palanque no estadual.

A pesquisa Datafolha para a Presidência da República recém-divulgada retrata recupera&ccediccedil;ão gradativa das intenções de voto em Dilma Rousseff e ligeira regressão da concorrência. A subida de Dilma Rousseff pode refletir a sazonalidade de otimismo característica do final do ano que pode deixar de ter efeito a partir de março. É a economia dando sua contribuição. É interessante constatar que os eleitores emitem sinais relevantes. Dois terços dizem que preferem que a maior parte das ações do próximo presidente “sejam diferentes”. Sua aprovação sobe de 38% para 415 mas 66% dos entrevistados pedem mudanças. De outro lado cabe &aa

Zona do Euro e Itália divulgaram a taxa de desemprego de Outubro. Para o continente, caiu de 12,2% em Setembro para 12,1% em Outubro; Na Itália, se manteve constante em 12,5%. Esses dados mostram que, com a atividade ainda enfraquecida e inflação ainda muito baixa (em Novembro 0,9% no 12 meses), o desemprego ainda é uma variável preocupante e que não apresenta tendência de melhora no curto prazo.

    

COMPARTILHE

face link