O Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) registrou variação de 0,08% em agosto, mantendo-se próximo ao valor de 0,09% registrado em julho. Com o resultado do mês, o crescimento do acumulado nos últimos doze meses passou de 3,27% para 3,22%, e o valor acumulado no ano de 2019 ficou em 2,51%.

Os grupos “Artigos de Residência”, “Despesas Pessoais”, “Educação”, “Comunicação” e "Habitação" apresentaram alta de julho para agosto, cabendo destaque a este último, com variação de 1,42% e impacto de 0,23 pontos percentuais (p.p.) no índice fechado, devido principalmente ao resultado do item "energia elétrica", que obteve acréscimo de 4,91% com a incidência da bandeira vermelha patamar 1 . Do lado dos setores que apresentaram deflação, o maior impacto foi, novamente, do grupo “Transportes”, cuja queda passou de -0,44% a -0,78%, contribuindo com impacto de -0,14 p.p., resultado obtido principalmente pela queda de -1,7% no subgrupo Combustíveis.

    

COMPARTILHE

face link