A Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada nesta terça-feira pelo IBGE, apontou uma variação de -0,2% da produção industrial nacional em maio frente ao resultado de abril na série com ajuste sazonal. Na comparação mensal interanual, o resultado da indústria foi 7,1% maior do que o observado em maio de 2018 na série sem ajuste sazonal. Com o resultado, o acumulado nos últimos 12 meses foi de 0,0%, acima do resultado nos últimos doze meses imediatamente anteriores (-1,1% em Abril), rompendo com a tendência negativa iniciada em julho de 2018.

Dentre os 26 ramos industriais, 18 apresentaram queda na passagem de abril para maio. Os decréscimos de maior relevância foram: “veículos automotores, reboques e carrocerias” (-2,4%) e “couro, artigos para viagem e calçados” (-7,1%). Em contrapartida, entre os 8 ramos que apresentaram acréscimo, o principal destaque veio das indústrias extrativistas (9,2%), aliviando o decréscimo acumulado em 25,6% dos quatro primeiros meses do ano.

    

COMPARTILHE

face link