A Pesquisa Industrial Mensal Regional conduzida pelo IBGE apontou para aumento de 0,2% na produção industrial nacional, com oito dos 14 locais pesquisados apresentando taxas positivas na passagem de outubro para novembro de 2017, na série com ajuste sazonal. Os avanços mais acentuados foram no Espírito Santo (5,8%), Bahia (3,5%), Pernambuco (2,6%) e Minas Gerais (2,4%). Rio Grande do Sul (1,4%), Pará (1,1%), São Paulo (0,7%) e Região Nordeste (0,2%) completaram o conjunto de locais com índices positivos em novembro de 2017. Os resultados negativos mais intensos nesse mês foram no Amazonas (-3,7%), Rio de Janeiro (-2,9%) e Ceará (-2,3%). Ainda na série com ajuste sazonal, o índice de média móvel trimestral para o total da indústria subiu 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2017 frente ao nível do mês anterior e manteve a trajetória ascendente iniciada em abril de 2017. Na comparação com igual mês de 2016, a indústria mostrou crescimento de 4,7% em novembro de 2017, com 14 dos 15 locais pesquisados apontando resultados positivos. No acumulado do período janeiro-novembro de 2017, frente a igual período do ano anterior, houve altas em 12 dos 15 locais pesquisados. O acumulado dos últimos doze meses (2,2%) teve a maior alta desde setembro de 2013 (2,3%) e prosseguiu com a trajetória ascendente iniciada em junho de 2016 (-9,7%). Em termos regionais, 13 dos 15 locais pesquisados mostraram taxas positivas em novembro de 2017 e 12 apontaram maior dinamismo frente aos índices de outubro último, acompanhando o movimento observado na indústria nacional, que passou de 1,7% para 2,2%.

    

COMPARTILHE

face link